domingo, 10 de novembro de 2013

Familiares Incompreensivos




Quando aceites os princípios que te renovam, é possível que a mesma compreensão não te alcance, de pronto, os familiares queridos.
Conservas, talvez, a provocação de rentear com entes amados que te recusam a fé ou tudo fazem por arredar-te da senda de luz que hoje palmilhas.

Às vezes, entristece-te por semelhante motivo, a ponto de te ameaçares com desânimo e frustração.

É forçoso, porém, vejas no lar o educandário primeiro de tua fé.

Teu lar, tua escola.

Aí dentro, será professor e aluno ao mesmo tempo.

Erguer-te-ás na cátedra do dever cumprido e transmitirás o ensinamento vivo do bom exemplo aos que te acompanham.

Entretanto, exercita o devotamento e prossegue adiante, no cultivo de tua fé.

Não te lastimes, nem discutas.

O embate palavroso deixa o coração encharcado de fel.

A opinião dos outros a teu respeito é construída ou retificada à custa de tuas próprias demonstrações de tolerância e bondade.

Se a incompreensão te rodeia, serve sempre.

Sofre-se injúria ou perseguições, serve ainda.

Se tudo parece contrariar-te aspirações e desígnios, serve mais.

Não descreias de Deus, que te segue e te vê.

Pela força do exemplo, vencerás.
***************************
Emmanuel
Chico Xavier 








 

2 comentários:

  1. Olá minha amiga, venho aqui também deixar meu carinho. Paz e Luz!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo carinho Sandra!
    Muita Paz em sua vida!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.