segunda-feira, 31 de outubro de 2016

SE NÃO TIVERES DISCERNIMENTO




Podes adquirir vasta cultura, mas se não tiveres discernimento, não conquistarás a luz da sabedoria.

Podes amealhar muitos bens materiais, mas se não tiveres discernimento, não utilizarás convenientemente os recursos de que dispões.

Podes desfrutar invejável saúde, mas se não tiveres discernimento, não conseguirás conservá-la por muito tempo.

Podes usar corretamente o verbo, mas se não tiveres discernimento, não dominarás os segredos da palavra.

Podes ser médium de excelentes possibilidades, mas se não tiveres discernimento, não servirás aos elevados propósitos do bem.

Podes ter ótima acuidade visual, mas se não tiveres discernimento, não enxergarás o essencial.

Podes formar rara coleção de livros, mas se não tiveres discernimento, não assimilarás o conteúdo de suas páginas.

Podes expressar-te em diversos dialetos, mas se não tiveres discernimento, não falarás o idioma da compreensão.

Podes viver com várias pessoas, mas se não tiveres discernimento, não conviverás com nenhuma delas.

Podes conhecer o mundo inteiro, mas se não tiveres discernimento, não conhecerás a ti mesmo.

*

O discernimento é o alicerce seguro, sobre o qual devemos edificar o castelo de nossos ideais e aspirações de ordem superior.

E ninguém o possuirá sem entregar-se ao exercício constante da humildade, da reflexão e do trabalho desinteressado, em contato diário com os sofredores.
**********************

Irmão José






Um comentário:

Obrigada pelo comentário.