quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Ora sempre



Quando estiveres a ponto de desistir de uma ação edificante, ora e continua até o fim.

Quando te encontrares no momento de cometer um erro, ora e desiste com tranquilidade.

Quando perceberes que as forças não te auxiliarão no trabalho do bem, ora e reanima-te, chegando ao termo planejado.

Quando fores aliciado para uma situação vexatória, ora e retoma o teu equilíbrio.

Quando te sentires abandonado pela pessoa em quem confias ou a quem amas, ora e tem paciência, permanecendo no teu posto.

Quando, desarvorado, desejes tombar, sem mais estímulo, ora e te serão concedidas as resistências para o triunfo.

Não deixes nunca de orar.
************************
Joanna de Ângelis

Um comentário:

  1. Essa mensagem da Joanna é muito consoladora. Quantas vezes nos desesperamos e nos esquecemos da oração, o mais alto recurso nos dado pela espiritualidade. Muita paz!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.