quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Discernimento




Filho meu, se os pecadores querem seduzir-te, não consintas. Pv. 1:10 


-oOo-


Cuidado com quem anda e com o que ouve, para não assimilar o inconveniente. Não se deixe seduzir pelas influências das paixões inferiores.

A vida lhe dá o que procura.


-oOo-


Não consinta que os ignorantes das leis de Deus o influenciem com falsos conceitos de vida.

Se você quer aprender a viver no bem, consulte o Evangelho, sem esquecer o clima da oração, de modo que acenda na sua razão o bom senso em tudo o que procura.


-oOo-


Estude o amor, e faça dele um alimento de vida, vivendo-o nas linhas da caridade.


-oOo-


A proteção da alma está no discernimento.

Quem assimila inflamável, está sujeito a se queimar.

A vida não para nas coisas incorretas; faça o mesmo.


-oOo-


Quem não aprendeu a ser honesto, sofre as consequências do desleixo; mesmo que o aprendizado venha devagar, esforce-se todos os dias na auto educação.


-oOo-


Os caminhos tortuosos já existem; convém trabalharmos para melhorarmos, sem que o cansaço nos domine.


-oOo-


Procure ajudar ao desequilibrado para aquisição da harmonia; a demora é comum neste labor divino. Você deve continuar sempre, até chegarem as bênçãos da transformação.

Tudo muda para melhor, esta é a lei.


-oOo-


Ande com todos, trabalhe com muitos, converse com milhares, no entanto, guarde somente o que a sua consciência em Cristo aprovar.


-oOo-


As lições da natureza são as melhores para a nossa paz; aprendamos a estudá-las que, passo a passo, entraremos na tranquilidade da vida.


-oOo-


Cuidado com os conversadores a esmo; as lições nobres e cristãs vêm sempre pelos exemplos.

Os verdadeiros sábios falam pouco; o que eles se empenham em ensinar se processa pela vivência.
***********************
Carlos
João Nunes Maia






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário.