domingo, 22 de março de 2015

HÁLITO DE DEUS




Quem sintoniza com a Mente Divina sempre exterioriza paz, irradiando incomum alegria de viver.

Qual raio de sol que oscula o pântano, com a mesma tranquilidade o faz com a pétala de rosa; não se aturdindo na algaravia, nem se alterando no silêncio.

Frui da harmonia que absorve, e perturbação alguma o desestrutura, porque entende que o perseguidor está enfermo e o adversário estagia em patamar inferior da evolução.

Ao invés de revidar o mal que lhe impõem, oferece o amor que lhes falta, em forma de perdão e de fraternidade, que necessitam.

Nunca hostiliza a ninguém, porque superou as heranças do primarismo, aspirando as vibrações elevadas dos planaltos da felicidade, onde se encontra psiquicamente.

Sente-se estimulado à evolução e mais se doa por constatar quão imensa é a carência daqueles que ainda se estorcegam nas paixões perturbadoras.

O hálito de Deus, que a tudo vitaliza, nele encontra receptividade e penetração, por isso é feliz. 
 *****************************************
Joanna de Ângelis





Um comentário:

Obrigada pelo comentário.