quinta-feira, 31 de maio de 2012

Medo de dirigir a própria vida




Ninguém deve abdicar de conduzir seu próprio destino.

Mesmo sabendo que ele está atrelado ao de outras pessoas, deve-se ter consciência de que na vida temos que aprender a fazer as próprias escolhas. 
Cada escolha proporcionará consequências que poderão nos trazer sofrimentos ou felicidade. 
Devemos lembrar que toda vitória depende de sacrifício.
 Assim é com a felicidade; ela exige não só sacrifício como também uma boa dose de renúncia. 
Durante toda a vida escolhas devem ser feitas e não podemos temer suas consequências, pois, se isso ocorrer, dificilmente as faremos. 
Não escolher é não viver.
 Uma vez estando na vida, torna-se inevitável assumir as escolhas.
 Quanto mais adiarmos assumir o comando de nossa vida, mais adiaremos nossa felicidade.
 Não tenha medo de decidir, nem receio de que as coisas deem erradas. 
Melhor errar fazendo que se omitir e continuar alienado. 
Buscar ajuda para saber escolher pode ser importante.
 Embora isso nos possibilite um menor número de equívocos, nem tudo se pode abdicar de decidir solitariamente.
 Há coisas que só dependem de nós e é exatamente o decidir sozinho que nos fará aprender.
 Arrependa- se do que fez quando isso trouxe infelicidade a você ou a alguém, mas arrependa-se ainda mais quando seu medo de fazer escolhas não lhe permitiu ter feito o que lhe competia em benefício de sua felicidade. 
Seja feliz assumindo o comando real de sua vida.
******************
Adenáuer Novaes

2 comentários:

  1. querida amiga linda mensagem e grandes promessas verdadeiras que deus nos faz de ester sempre conosco em todos os momentos da vida em que pedirmos sua presença,parabens amiga por mais esta linda ost bjs com carinho marlene

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.